miércoles, 11 de febrero de 2009

CASA NOVA





Estou de casa nova, ainda em meio a muitas caixas e procurando coisas que sei que guardei mas que tá tao bem guardado que nao consigo encontrar.
Coisa boa de fazer mudança é que voce descobre um monte de coisas que guardou e nem precisava, descobre coisas que decide por num lugar bem visível pra poder voltar a usar e descobre historias guardadas em caixas, metidas num maleiro, num trasteiro, numa bolsinha, já com cheiro de papel velho, com cara de tempo...
Uma roupinha que o filho usou no batizado, o primeiro caderno, aquele discao de vinil que nem tem mais onde tocar, fotos com amigos que ja nao sabemos mais nada deles, o primeiro sapatinho do bebê, album de fotos do casamento que acabou...
Um vida dentro de caixas.
E foi assim que eu me ví diante de mais de 20 caixas que nao me pertenciam com a dificil tarefa de desfazer-me de uma historia que nao era a minha tudo porque meu amado marido havia decidido nao contratar uma empresa de mudanças (que por sinal cobravam os olhos,nariz e orelhas com brincos de brilhantes!)e, na furgoneta de aluguel nao ia caber tuuuudo o que tinhamos que transportar!
Me deu uma pena, passei 3 horas revisando as caixas com a historia dele, foi uma sensaçao tao estranha era como entrar na casa de alguem sem ser convidado.
Salvei o que achei que era mais importante, fotos(muitas!!!!), uma coleçao de livros do Quinho(Leia-se MAFALDA),alguns livro de historia, uma antiga toalha de mesa com uma estampa de rosas que vou transfomar em alguma coisa e um dia mostro aqui e CDs,muuuitos!
Detalhe: meu marido só pediu que eu nao contasse a ele o que tive que jogar fora, porque, segundo ele, eram "recuerdos" que ele nao olhava nunca, apena estavam lá e ele sabia que estavam lá, só saber tambem é recordar. Assim que, prefere seguir pensando que estao dentro das caixas que conseguimos trazer.

ahhh...e qdo ia jogar fora uma jarra de porcelana horrorosa com o simbolo do Real Madrid encontrei um DENTINHO.....de leite, miudinho, quebrado num cantinho!
Claro que eu guardei, e ainda fiquei por ali procurando pra ver se encontrava os outros! rs

Entao, mudança feita, foram mais de 1200km, estrada com neve, furgoneta sem luzes na traseira(e nao podiamos viajar de noite, e, finalmente em casa!
Como é bom estar em casa!

p.s. - a propósito, eu tambem guardei o dentinhos dos meus filhos!

1 comentario:

Dani Garlet dijo...

tá... já posso parar de chorarm agora? ou vc está sentada aí escrevendo mais um desses post que eu amo...?
amei...
e os gatos? quem são eles?
meus novos irmãoszinhos ( se é que se escreve assim) diga-se de passagem, lindos!!!

Felicidade está nas pequeninas coisas... bem pequeninas...
e a gente descobre que não precisa das lembranças fisicas para ser feliz, mesmo que doa mandá-las embora e sentir "semi-nua" de coisas guardadinhas...
precisa-se de tão poucoooooo pra ser feliz!!

() o dia estava nublado e acaba de abrir um sol divino, em segundos!!

Beijosssssssssssssssssssssss

ps. o maridinho de mim tá desenhando um tapete, de listas sem cor e rosa e azulzinho... pra mesa... lindoo...