viernes, 26 de marzo de 2010

Sobre o tempo e o pranto






Me dividí em TRES partes.


Eu era Iara, era Guilherme e era Gabriel. E assim começou minha passagem por este planeta.
Uma parte de mim se foi.
Meu coraçao sofre, minha cabeça odeia.
Eu ouço todas as palavras de conforto, de amor, de explicação.


E elas não fazem efeito. Talvez porque eu acredite em um Deus que não é exatamente o que a igreja ensina, talvez porque eu só acredite nesse Deus porque todo ser humano precisa acreditar que existe algo acima de nós. Talvez porque eu não consiga "ver sua mão brilhante e protetora", talvez...
Eu só queria chorar a ausencia desta parte de mim que se foi.
Só queria chorar...
Eu não precisava sentir rancor
Só preciso chorar meu filho.
Porque eu sei que vou morrer de saudade.
Porque em algum tempo as pessoas já terão esquecido meu menino
Porque as ausencias se perdem no tempo
E no final ele só vai viver na minha lembrança , no meu coração...
Porque eu e Gabriel prometemos,
enquanto seguravamos a mãozinha do Gui,
antes do coração dele deixar de bater,
prometemos de que nos escontraremos de novo,
e eu preciso desesperadamente acreditar
que isso vai ser
possível.

E,
se as almas são viajantes, (e nisso eu acredito!)
então
quando chegar a hora de minha alma e de meus filhos empreenderem nova viagem
quero encontrá-los, abraçá-los e beijá-los
e
se nos for permitido quero seguir uma nova viagem com eles.

2 comentarios:

PRETA JÚ dijo...

Lindaaa...vc DEVE continuar escrevendo. Suas palavras são lindas, profundas e principalmente, verdadeiras. Quando quiser me mande alguns textos que posso publicar no meu jornal. Acredite, escrever assim como cantar lava a alma. O caderno é o amigo que não nos critica, que só nos ouve. Mas ao mesmo tempo, parece que ele nos responde. Porque ao final de um texto, sentimos uma levesa enorme. Bjus
fique com DEUS

Dani Garlet dijo...

Amiga minha mais querida...
esse texto diz tantas coisas lindas e eternas aos nossos corações sim... continue sempre sempre a escrever... "preta ju" tem razao sobre a levesa...acredite, sim, acredite que exite outro lugar que vamos nos encontrar e rir juntos... todos que nos amamos.
beijos

ps. e acredite vc ou não, hj foi o dia em que eu mais pensei sobre bebes e sobre como vc vai ser importante qdo eu tiver meus bebes...

eu amo vc!